Gladiadora de ferro volta competir em grande estilo

Flores Neide de Souza, 28 anos, é atleta de Fisiculturismo, mas começou sua vitoriosa carreira no esporte, em 2009, em competições de Levantamento Terra e Supino. Logo enveredou para o Fisiculturismo, sendo campeã na primeira disputa. Após mudar de categoria e ver um espaço reduzido para competições, abandonou o palco por dois anos. Reanimada, treinou forte, se dedicou e está colhendo novos frutos. Hoje está num momento de comemoração, pois acaba de conquistar o título de Miss Universe de Fisiculturismo 2017, categoria Extreme, realizado em junho, na cidade do Rio de Janeiro.

 

Esposa do treinador Juan Garrido, Flores Neide acompanhava a preparação de outras atletas para as competições de Fisiculturismo, quando lançou um autodesafio de se condicionar também para esse Esporte, como recorda: “Então comecei a fazer uma dieta e continuei treinando (confesso que nunca havia feito uma dieta corretamente até aquele momento!), e por incrível que pareça, meu físico mudou em três meses”. Sua estreia em competições aconteceu em 2010, na categoria Figure da Nabba, agrando-se campeã Overal. A próxima etapa foi a preparação para o Campeonato Brasileiro e a possível classificação para o Mundial de 2011, quando na competição, os árbitros a consideram fora do padrão da categoria.

Nesse momento, veio a decisão de aumentar a massa muscular para se encaixar na categoria Physique. Assim, em 2012, fez sua estreia na nova categoria sendo campeã em duas federações: Nabba e IFBB. Mas, para a surpresa da atleta, a federação IFBB cortou a categoria Physique, o que provocou uma mudança de rumo em sua carreira: “Fiquei desanimada e decidi não competir mais pelo Fisioculturismo. Voltei para o Levantamento Básico de Peso e conquistei alguns títulos, sendo campeã brasileira, Sul-americana e Mundial, pelas federações Combrafa e IPF, entre outras. Fiquei dois anos afastada dos palcos.” Através do WhatsApp, recebeu um convite para participar de um grupo seleto de atletas GG, chamado Gladiadoras de Ferro. O primeiro encontro foi em 12 de dezembro de 2015, em Franca (SP), na academia de Sheyla Vieira. A ideia inicial foi de Karla Bachiega que pensava em fazer um treino com as amigas. A iniciativa foi recebida com entusiasmo.

 

O grupo, liderado por Selma Labat, Karla Bachiega e Ana Laura Lourenço, pretendia animar as fisiculturistas para voltarem a competir, pois afinal a Nabba e outras federações continuaram com a categoria Physique. Então se uniram e voltaram aos palcos. Motivada, a atleta voltou a se preparar e a competir pela Nabba. Em 2016 venceu o Campeonato Brasileiro, o que proporcionou a oportunidade de disputar o mundial, onde tornou-se campeã. Neste ano preparou-se e conquistou o Miss Universe 2017 pela WFF, torneio realizado no Brasil.

Flores Neide, Campeã Mundial 2016.

 

Flores Neide, Miss Universe 2017 pela WFF na categoria Extreme.

 

Flores Neide com Juan Garrido, seu
marido e técnico.